quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Viver Depois de Ti - Jojo Moyes


 Sinopse
 Louisa Clark é uma jovem com uma vida banal - um namorado estável, trabalhador e uma família unida - que nunca saiu da aldeia onde sempre viveu. Quando fica desempregada, vê-se obrigada a aceitar um emprego em casa de Will Traynor, que vive preso a uma cadeira de rodas, depois de um acidente. Ele sempre tinha vivido de um modo trepidante - grandes negócios, desportos radicais, viajante incansável - agora tudo isso ficou para trás. 
Will é mordaz, temperamental e autoritário, mas Lou recusa tratá-lo com complacência e em breve a felicidade e o bem-estar dele tornam-se muito mais importantes do que ela esperaria. No entanto, quando Lou descobre que Will tem planos inconfessáveis para a sua vida, ela luta para lhe mostrar que ainda assim vale a pena viver.
Em Viver depois de ti, Jojo Moyes aborda um tema difícil e controverso, com sensibilidade, obrigando-nos a refletir sobre o direito à liberdade de escolha e as suas consequências.

CRÍTICAS DE IMPRENSA
«Jojo Moyes oferece-nos um livro majestoso com um conjunto de personagens carismáticas, credíveis e profundamente envolventes. Lou e Will permanecerão com os leitores durante muito tempo.»
The independent on Sunday
«Uma história emocionante sobre decisões que lidam com a vida e a morte e relações inesperadas. É mágico e triste, mas não recua perante um tema difícil e emotivo.»
Marie Claire
«Um livro fabuloso. Absolutamente fabuloso. Um livro que nos faz chegar a casa e abraçar o marido e o filho, telefonar aos familiares e amigos mais queridos, e dar graças a Deus pela sorte que temos.»
Blog As Leituras da Fernanda
Opinião 
Quem é que ainda não ouviu falar deste livro? Pois é, a mim também não me ficou indiferente. No entanto, tanto alarido na comunidade BookTube não foi suficiente para me fazer colocar esta leitura no topo da lista até que este verão me foi oferecido o 'After You'. Lá comprei o 'Me Before You' e comecei a ler, ainda um bocado reticente.  
Minha Nossa Senhora. Que livro! 
Começando pela capa: pessoas, há como não gostar desta capa? É minimalista, linda e muito fofa! E lá dentro, o conteúdo é igualmente lindo e fofo. 
Louisa -Lou- Clark tem uma vida pequena: nunca viajou, nunca viu filmes com legendas, não procura aumentar a sua cultura. Vê-se desempregada depois do dono do café onde trabalhava decidir fechar o negócio. A fim de ajudar a sua família com as despesas, decide ir trabalhar como acompanhante e cuidadora de Will Traynor, um jovem com um futuro promissor que ficou tetraplégico depois de um acidente. 
A relação entre os dois começa de uma maneira controversa, visto que Will vive num estado depressivo, fazendo-se munir da ironia para dialogar com quem o rodeia.
Depois de ouvir uma conversa, Lou fica decidida em mostrar a Will que, apesar das suas dificuldades motoras, a vida vale a pena. 
A dada altura na leitura, ficamos mesmo com a ideia de que Will chega mesmo a ter inveja da vida que Lou pode aproveitar e teima em desperdiçar. Não é só Lou que muda (ou tenta mudar) a visão que Will tem pela vida. Will vai ajudar-la, mesmo que de uma maneira muito subtil, a abrir os seus horizontes e descobrir que há muito mais no mundo para usufruir para além das fronteiras da vila onde vivem. 
A maneira como as personagens se envolvem a nível emocional faz derreter qualquer coração. Na sua forma mais pura, o sentimento que se desenvolve é mesmo capaz de mover mundos e quebrar barreiras. Mas será capaz de fazer Will voltar a ter gosto na vida? 
Em Portugal, a obra foi lançada pela Porto Editora mas quem a quiser ler em inglês pode fazê-lo sem receio pois é bem acessível! 
Este livro merece MESMO toda a fama que tem e a única coisa que eu fiz de mal foi não o ter lido à mais tempo!









Sem comentários:

Enviar um comentário