sábado, 22 de outubro de 2016

Playing with fire - Tess Gerritsen

Sinopse 

A beautiful violinist is haunted by a very old piece of music she finds in a strange antique shop in Rome.
The first time Julia Ansdell picks up The Incendio Waltz, she knows it’s a strikingly unusual composition. But while playing the piece, Julia blacks out and awakens to find her young daughter implicated in acts of surprising violence. And when she travels to Venice to find the previous owner of the music, she uncovers a dark secret that involves dangerously powerful people—a family who would stop at nothing to keep Julia from bringing the truth to light. 

Opinião 

Julia é violinista e acaba de chegar de Veneza, onde foi dar um concerto. De lá, trouxe uma pauta misteriosa e inquietante. Mas, sempre que chegava aos tons mais altos, algo acontecia. A sua filha transformava-se completamente: da primeira vez matou o gato, da segunda vez golpeou-lhe a perna com um pedaço de vidro.  
Em paralelo, é contada a história de uma família judia na Itália de Mussolini. Lorenzo e a sua família vêem-se envolvidos na realidade nazi e é obrigado a deixar para trás o seu amor. 

A história vai-se desenvolvendo entrelaçando o presente e o passado: Julia a tentar descobrir porque é que a filha faz coisas bizarras sempre que toca aquela peça e como se desenvolve a vida de Lorenzo e da sua família num país onde o ódio prospera. 

Os capítulos de Julia quase me fizeram desistir do livro. A história desenvolve-se mas sem nada de grande interesse que nos faça querer saber o que vai acontecer a seguir. Já a parte de Lourenzo faz muito o livro valer a pena. A autora vai, então, aproveitar-se deste rapaz para falar sobre o holocausto, dos horrores e do sofrimento vividos vítimas. 

Esta obra não foi publicada em português, porém, o inglês é acessível e de fácil leitura. Não é um livro extraordinário mas é agradável de ler.

Sem comentários:

Enviar um comentário